"Na vida cristã, se você quiser permanecer em pé, você precisa viver de joelhos"
Saule Luiz Pinheiro Goedert

Introdução às cinco linguagens do amor

As cinco linguagens do amor - Parte II

As cinco linguagens do amor - Parte III

As cinco linguagens do amor - Parte IV e V

Deus sempre está interessado na restauração do seu povo

Despedida do João Costa

Participação no Louvor no Congresso de Adolescentes na Congregação Vale da Bênção em Jonville - SC

Textos por Pb. Saule Luiz Pinheiro Goedert

8 de ago de 2011

PASTOR SÉRGIO PEREIRA - PISANDO EM TERRA SANTA

Neste domingo, dia 31 de julho de 2011, tivemos o encerramento do congresso distrital de jovens, na congregação do João Costa. Convidado para pregar a palavra de Deus, o Pastor e meu amigo, Sérgio Pereira fez suas considerações ao Pastor Luiz Donizete Florentino, aos obreiros e a todos os demais presentes na ocasião. Referindo-se a alguns tópicos da mensagem pregada na noite anterior, seguiu utilizando-se do texto de Êxodo 3. 1-15 que serviu de base para sua reflexão. Assim lemos no texto bíblico citado: “1 E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto, e chegou ao monte de Deus, a Horebe. 2 E apareceu-lhe o anjo do SENHOR em uma chama de fogo do meio duma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia. 3 E Moisés disse: Agora me virarei para lá, e verei esta grande visão, porque a sarça não se queima. 4 E vendo o SENHOR que se virava para ver, bradou Deus a ele do meio da sarça, e disse: Moisés, Moisés. Respondeu ele: Eis-me aqui. 5 E disse: Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa. 6 Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés encobriu o seu rosto, porque temeu olhar para Deus. 7 E disse o SENHOR: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conheci as suas dores. 8 Portanto desci para livrá-lo da mão dos egípcios, e para fazê-lo subir daquela terra, a uma terra boa e larga, a uma terra que mana leite e mel; ao lugar do cananeu, e do heteu, e do amorreu, e do perizeu, e do heveu, e do jebuseu. 9 E agora, eis que o clamor dos filhos de Israel é vindo a mim, e também tenho visto a opressão com que os egípcios os oprimem. 10 Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó para que tires o meu povo (os filhos de Israel) do Egito. 11 Então Moisés disse a Deus: Quem sou eu, que vá a Faraó e tire do Egito os filhos de Israel? 12 E disse: Certamente eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu te enviei: Quando houveres tirado este povo do Egito, servireis a Deus neste monte. 13 Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me disserem: Qual é o seu nome? Que lhes direi? 14 E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós. 15 E Deus disse mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O SENHOR Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é meu nome eternamente, e este é meu memorial de geração em geração."

Acompanhe a seguir, uma breve descrição, nas próprias palavras do Pastor Sérgio Pereira, da mensagem de encerramento deste congresso.


"Pisar em terra santa é o conceito de vida cristã que me acompanha. Dúvidas e controvérsias atravessam este assunto. Alguém diz que é mais do que palavras e conceitos, é prática diária. Vida cristã é pisar em terra santa, num terreno sagrado. Pode ser letal ou pode ser vital. Pisar em terra santa pode gerar vida bem como pode gerar morte.


O primeiro conceito de pisar em terra santa é contemplar o Deus absoluto e soberano. Moisés contava com 80 anos de idade no contexto em apreço. Aprendeu muitas coisas com seu sogro Jetro. Ao apascentar as ovelhas de seu sogro, teve uma das experiências mais marcantes até aquele momento de sua vida. Naquele dia, a sarça que costumeiramente ardia no deserto, naquela ocasião, ardia e não se consumia. Ele vê algo surpreendente e inigualável. É uma experiência singular, assim como singular é Deus.

Para pisar em terra santa é preciso ter uma experiência com a grandiosidade de Deus. Quando Deus se apresenta dizendo, 'Eu Sou o que Sou', está dizendo que nada do que existe, existe sem ter passado pela sua presença. Está dizendo que toda plenitude e muito além dela, está Nele e em suas mãos.

Moisés disse ' O que é que eu vou dizer?' e Deus respondeu, 'Então dirás: O Eu Sou, me enviou'. Você verá por toda a bíblia e identificará que Deus não existe, Ele simplesmente é! Ele é o que é, de eternidade a eternidade, Ele é Deus! 'Na medida em que você vai andar comigo, você vai descobrir minha grandeza e o meu poder'. Pisar em terra santa é saber que você está na presença do Grande Eu Sou. Vida cristã é contemplar a grandeza de Deus. O Salmo 46. 10, diz: ' 10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra'. Vida cristã é isso, é aquietar-se, ter paz interior porque Ele é! Cairão mil ao seu lado e dez mil a sua direita, porque Ele é! Quando olho para bíblia NVI, na mesma referência de Salmo 46. 10 temos a seguinte tradução: 'Pare de lutar, de guerrear, saibam que Eu sou Deus. Não gaste toda a sua força, fique tranquilo porque Eu Sou'. Aquele que é luta por você! Ele é Deus! Não se preocupe, Ele é Deus! Quando você diz isso, seus problemas são solucionados.

Esse pensamento me conduz a outra reflexão. Quando você contempla o Deus absoluto, você abre mão dos ídolos, diante da divindade daquele que é. Moisés é surpreendido por um Deus totalmente diferente dos deuses do deserto. Então Moisés tem que tirar a máscara e, para isso, tira as sandálias dos seus pés. 'Seja verdadeiro aquele que fala na oração, como verdadeiro é aquele com quem fala', dizia um pensador. Moisés coloca sua mão no peito e Deus traz à tona a sua lepra, para que se manifestasse o seu pecado diante Dele e pudesse ser completamente sarado na presença de Deus.

Pisar em terra santa é abrir mão das nossas máscaras e de nossos pecados. Tenho dito, por alguns lugares onde tenho andado, que os nossos cultos não deveriam ser chamados de cultos e sim de 'Baile das máscaras'. Coloque sua mão no peito, mostre a sua lepra, tire as sandálias dos seus pés e mostre a tua face, mostre quem você realmente é! Lembro-me de uma canção que diz a certa altura: 'Apesar da glória que tens te preocupas conosco'. E nós, nos importamos com Ele ou com o que pensa a nosso respeito? Estamos dispostos a abrir mão de toda falta de caráter, costumes obsoletos e vida de iniquidade para termos comunhão com Deus? A única coisa que protegia a carne de Moisés nos seus pés, era a sua sandália. Não fique escondendo ou protegendo a sua carne usando desculpas esfarrapadas para chegar diante de Deus.

Pisar em terra santa é adquirir a perspectiva de Deus para sua vida. Deus não chamou Moisés por acaso ou porque era melhor do que os outros. Logo no início nos versículos 7-10, Deus diz que tem visto o sofrimento do seu povo e comissiona Moisés no que haveria de fazer. Devemos olhar a vida e o mundo com os olhos de Deus. Moisés entende que toda visão de Deus e renúncia, culmina na revelação de um projeto específico de Deus na nossa vida, algo que não dá para escapar.

Lembro-me da história de um menino que numa manhã missionária, na cidade de Blumenau, onde o Pastor falava sobre a oferta especial de Maria e faz um apelo no final, perguntando o que as pessoas iriam entregar para Jesus. O menino de 8 anos de idade pedia perdão a Deus, porque havia gastado as suas únicas moedas que possuía com um pirulito que colecionava. Mas este menino foi tomado por uma lembrança que as professoras da escola bíblica dominical ensinaram que a maior oferta que alguém podia fazer, era entregar a sua vida a Deus. Então o menino seguiu em direção ao altar e pediu para que os diáconos abaixassem a toalha da oferta e logo, entendendo o menino que devia ficar em cima dela como forma de entregar a sua vida a Deus, fez isso. Naquela mesma hora, Deus levantou o pastor da igreja em uma mensagem profética, dizendo que estava aceitando a oferta daquele menino.

Foi desta maneira que entreguei minha vida completamente ao Senhor e hoje estou aqui pregando a você a palavra de Deus."

Resumo Da Mensagem Pregada Pelo


Pastor Sérgio Pereira


Encerramento Do Congresso Distrital De Jovens


Congregação Do João Costa


Distrito XXIII

6 comentários:

  1. Graça e Paz!
    Caro amigo obrigado por embelezar minha prédica com suas anotações. Fiquei lisonjeado com a honra de ter duas de minhas mensagens postadas em seu blog.

    Um forte abraço!

    Pr. Sérgio Pereira

    ResponderExcluir
  2. Prezado irmão Saule cheguei ao seu blog por intermédio do blog do Pr. Sérgio Pereira do qual sou seguidor. Gostei muito de seu blog, muito bem elaborado e boas postagens. Passarei a segui-lo.
    Sentir-me-ei honrado em receber visita sua em meu blog. Sinta-se à vontade para deixar ali seu comentário e/ou segui-lo.
    Deus lhe abençoe em seu ministério "Casados para Sempre", nossas famílias de hoje carecem muito de orientações espirituais, haja vista, o ataque ferrenho do inimigo, visando destruí-la.

    Aceite um abraço do irmão em Cristo....

    Pr. João Q. Cavalheiro
    www.aramasi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Graça e Paz Pastor Sérgio Pereira,

    É para mim uma honra ter o conteúdo rico de suas mensagens em nosso blog e, não há embelezamento nas anotações, são apenas palvras suas que foram transcritas. Certamente que agora o blog Rabiscos está sendo muito mais enriquecido do antes.

    Muito obrigado pelo seu carinho.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Graça e Paz Pr. João Q. Cavalheiro,

    É uma grande alegria recebe-lo em nosso blog e um prazer te-lo como seguidor. Pastor Sérgio é meu amigo e tem servido de benção para nosso ministério.
    Aguardo receber com expectativa suas observações, sugetões e críticas para aperfeiçoamento do blog Rabiscos.

    Um forte abraço em Cristo!

    ResponderExcluir
  5. A paz de Cristo amado irmão,é uma benção ver irmãos mostrando que a internet também pode ser usada para evangelismo.Ha um grande preconceito ainda,porem pessoas como você fazem a diferença e mostram que devemos usar de todos os meios para alcançar vidas.Gostei muito do conteudo do seu blog,ja fiz o curso casados para sempre e realmente todo casal deveria fazer.Parabens pela iniciativa e que Deus continue abençoando grandemente a sua vida e de sua esposa.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Graça e Paz irmã Sharlene,

    Muito obrigado pela sua visita e seu comentário edificante. Seja sempre bem vinda no blog Rabiscos.

    ResponderExcluir

Você Poderá Gostar Também de: