"Na vida cristã, se você quiser permanecer em pé, você precisa viver de joelhos"
Saule Luiz Pinheiro Goedert

Introdução às cinco linguagens do amor

As cinco linguagens do amor - Parte II

As cinco linguagens do amor - Parte III

As cinco linguagens do amor - Parte IV e V

Deus sempre está interessado na restauração do seu povo

Despedida do João Costa

Participação no Louvor no Congresso de Adolescentes na Congregação Vale da Bênção em Jonville - SC

Textos por Pb. Saule Luiz Pinheiro Goedert

14 de jun de 2011

O DERRAMAMENTO DO ESPÍRITO SANTO - PASTOR LUIZ DONIZETTI FLORIANO

Neste último culto de edificação cristã, ouvimos o Pastor Luiz Donizetti Floriano, falando sobre Atos dos Apóstolos 2. 1-12 que diz: "1 E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; 2 E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. 3 E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. 4 E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. 5 E em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu. 6 E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando? 8 Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos? 9 Partos e medos, elamitas e os que habitam na Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia, 10 E Frígia e Panfília, Egito e partes da Líbia, junto a Cirene, e forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos, 11 Cretenses e árabes, todos nós temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus. 12 E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: Que quer isto dizer?" Usando este texto como referência ele discursou fazendo menção ao centenário da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Brasil. Em seguida veremos o resumo da mensagem exposta pelo nosso Pastor:

"A Igreja nasce, em primeiro lugar, como projeto de Deus. Ele estabeleceu-a em seu pensamento. Deus arquitetou a Igreja. Em Mateus 16. 18 vimos o seguinte: 'Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;' Jesus diz que as portas do inferno não prevalecerão sobre a sua Igreja! Em Atos 2, ela recebe uma experiência gloriosa e poderosa. A Igreja é inaugurada nesta ocasião. A partir do capítulo 12 de Atos, o Apóstolo Pedro começa a se preocupar com ela como instituição. Não estamos completando 100 anos de existência apenas, pois 100 anos nossa Igreja existe como instituição. A Igreja de Cristo existe, na verdade, desde aproximadamente 60 d. C e a sua inauguração se deu exatamente na ocasião da descida e derramamento do Espírito Santo no dia de Pentecostes. Isso não aconteceu através de uma belíssima festividade e prestigiamento de pessoas. A Igreja começa com o derramamento do Espírito Santo. Muitas ondas de avivamento ocorreram ao logo dos anos e da história. Como podemos caracterizar alguém que está cheio do Espírito Santo? Será que é uma pessoa que tem uma Bíblia na mão ou um crachá de identificação com uma placa que diz, 'sou cheio do Espírito Santo', que revela essa condição?

O primeiro ponto que quero enfatizar é que o derramamento do Espírito Santo está associado a soberana vontade de Deus. Ele não sofre influência humana. São atributos particulares da soberania de Deus. Nós não temos um controle remoto. Em Atos 2. 3 encontramos: 'foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.' Língua repartida fala sobre distribuição, divisão. No versículo 4 de Atos 2, diz que todos foram cheios do Espírito Santo. Eu posso desejar ser cheio, e é bom que isso aconteça e eu não perca este desejo. Agora, o derramar do Espírito Santo, pertence somente a soberana vontade de Deus. Um dos grandes problemas do neopentecostalismo é enclausurar o Espírito Santo e querer domina-lo. Nós estamos sob o controle e a vontade de Deus.

Eu conheci uma senhora, que ficou 21 anos buscando o batismo com o Espírito Santo, fundamentada em suas idéias pessoas. Fui eu quem testemunhei quando ela recebeu o batismo dentro da Igreja as 10 para as 9hs da manhã, numa simples reunião de oração, onde havia apenas 5 irmãs presentes. Eu estou falando da minha mãe. Em I Coríntios 12. 11 lemos: 'Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.' Isso revela soberania e quer dizer que eu não tenho o controle de nada sobre este assunto, pois Ele reparte a quem Ele quer. É necessário muita oração e reflexão da palavra. A Bíblia diz que é o Espírito Santo que concede as línguas estranhas como sinal e como dom de variedades de língua, mas não está sob o controle ou influência de qualquer pessoa. A língua estranha não está na mente do homem, ela está no controle de Deus. O derramamento do Espírito Santo está associado em primeiro lugar com a vontade soberana de Deus.

O segundo ponto que quero lhes falar nesta noite é que o derramamento do Espírito Santo está associado também a perseguição. Vejamos o que diz Atos 4. 31: 'E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.' Você sabe o que aconteceu antes dessa reunião de oração? Após a ocasião em que Pedro e João haviam sido usados por Deus para curarem o coxo na porta chamada Formosa, eles estavam pregando a palavra de Deus e foram arrastados para fora e levados presos, mas antes mesmo de terem feito o apelo, quase 3 mil almas se converteram a Cristo. Não dá vontade de participar de um culto como este? Mas tudo tem um preço. No caso deles, eles foram açoitados e depois orientados para que não pregassem mais e não falassem de Jesus. Foi sob este cenário que eles buscaram refúgio numa casa de oração e ali eles foram pedindo mais a graça e coragem e Deus movimentou aquele lugar com o derramamento do Espírito Santo. Eu já tive a experiência de no momento crucial da provação, sentir a presença e manifestação do Espírito Santo e sua operação. Não tenha medo das tribulações, das provações, pois estas são as maneiras que Deus usa para polir e moldar a cada um de nós.

A terceira reflexão nossa sobre o derramamento do Espírito Santo se baseia no que está escrito em Atos 10. 44 que diz: 'E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra.' Se você observar o contexto, Pedro estava trazendo um sermão maravilhoso e no meio de sua mensagem, houve um derramamento do Espírito Santo. Ouvir a palavra de Deus também está associado ao derramamento do Espírito Santo. As Igrejas neopentecostais se inclinaram aos louvores intermináveis, mexem muito com o corpo e pouquíssimo com a alma. No velho testamento temos citações de leitura da palavra de Deus que somam cerca de 6hs contínuas, mas passado esse tempo de leitura, por causa da palavra de Deus, houve a manifestação do Espírito Santo, pois o mesmo desceu sobre eles. Se o Espírito Santo não estiver em nosso meio, estaremos mortos! Parece que o nosso coração fica amolecido quando ouvimos ou lemos a palavra de Deus. Eu ouço a Bíblia em áudio no meu carro quando estou viajando. Sabe por que o temor dos crentes daquela época não está mais presente em nosso meio? Porque, a exemplo, estes hinos que são fabricados por pessoas sentadas à beira de calçadas, nas escadas ou na garagem, apenas geram emoção nas pessoas.

Terminando minha mensagem, quero dizer que o derramamento do Espírito Santo também está associado, em quarto lugar, com o que lemos no texto de Atos 5. 32, que diz: 'E nós somos testemunhas acerca destas palavras, nós e também o Espírito Santo, que Deus deu àqueles que lhe obedecem.' Se você puder, engula isso! Pois há pessoas muito enganados com relação ao derramamento do Espírito Santo, pensando que podem pintar o caneco e que pela manifestação de um arrependimento ou apenas um pedido de perdão é o que basta para haver um derramamento do poder do Espírito. A manifestação do Espírito Santo se dá através da obediência! Você obedece a Deus? Responda para você mesmo. Por isso que algumas pessoas participam de cultos maravilhosos e enquanto alguém está recebendo a presença do Espírito Santo em sua vida, outro alguém permanece espantado de olhos arregalados na expectativa do que irá acontecer. Em I Coríntios 12. 7 lemos o seguinte: 'Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.' O texto se refere a visão que Deus tem para com a Igreja e sua relação com o Espírito Santo. Deus não derrama do seu Espírito para promover alguém e, sim para que a Igreja seja edificada. Deixo aqui uma sugestão, que quando alguém tirar de você o foco de Cristo, duvide desta pessoa e de seu comportamento, pois toda manifestação do Espírito Santo tem como objetivo glorificar a Deus.

Resumo da mensagem pregada pelo

Pastor Luiz Donizetti Floriano

No culto de Edificação Cristã

Congregação do João Costa

Distrito XXIII

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você Poderá Gostar Também de: