"Na vida cristã, se você quiser permanecer em pé, você precisa viver de joelhos"
Saule Luiz Pinheiro Goedert

Introdução às cinco linguagens do amor

As cinco linguagens do amor - Parte II

As cinco linguagens do amor - Parte III

As cinco linguagens do amor - Parte IV e V

Deus sempre está interessado na restauração do seu povo

Despedida do João Costa

Participação no Louvor no Congresso de Adolescentes na Congregação Vale da Bênção em Jonville - SC

Textos por Pb. Saule Luiz Pinheiro Goedert

30 de abr de 2011

CULTO DE TERÇA - ESTUDO DAS BEM-AVENTURANÇAS

Estamos estudando a Palavra de Deus, nos cultos de Edificação Cristã nas terças-feiras, onde nosso Pastor, Luiz Donizetti Florentino, está destrinchando para a Igreja, o excelente texto de Mateus capítulo 5, onde encontramos a linda mensagem de Cristo com relação as bem-aventuranças. No último culto realizado no dia 26 de abril de 2011, tivemos a apresentação do versículo que fala sobre os pobres de espírito. Na íntegra temos, Mateus 5. 3 que diz: "Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus". Diante deste versículo, dentre algumas citações do Pastor, deu-se ênfase no contra-senso de como podemos ser bem-aventurados sofrendo, sendo pobres ou chorando. Entre algumas curiosidades, ouvimos nosso Pastor dizer que João Batista, foi aquele que quebrou o silêncio profético de mais de 400 anos que havia em Israel. Este silêncio foi quebrado com uma mensagem simples, porém muito poderosa, que precedia a chegada de Jesus, o filho de Deus. A mensagem de João Batista era de que o povo se arrepende-se, pois o Reino de Deus estava próximo.


Ouvimos a frase que citou Jesus usando sua palavra para trazer eficácia no passado, presente e no futuro e que onde Jesus está, ali está manifesto o Reino de Deus. Concordamos quando o Pastor citou que muitas igrejas têm se tornado balcão de negócios, onde já não se tem mais o devido respeito pela Palavra de Deus.


Quando lemos o versículo aqui apresentado, não devemos interpretar a pobreza descrita, como sendo representada por uma pessoa com aparência de "humildezinho". A pobreza que Jesus estabelece diz respeito a negação da auto-confiança, auto-dependência e auto-suficiência. Fala de uma posição de rebaixamento, nariz quase encostado no chão, desprovida de qualquer recurso, suficiência e de total dependência. Com isto, percebe-se como estamos distantes do padrão de Cristo, pois como diz o Pastor em sua mensagem, queremos sempre estar provando aos outros nossa potencialidade de recursos.


Humildade não é timidez. As vezes um semblante angelical, "roupas de anjo" não descrevem pobreza de espírito. Algumas vezes, esta fachada esconde por detrás uma realidade demoníaca que não tem nada de Deus em si.


Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração! Para que cresçamos, precisamos diminuir, pois ninguém consegue chegar aos céus pela via do orgulho. Bem-aventurado aquele que for até o fim, pois quem se humilha Deus exalta.




Resumo da Mensagem apresentada pelo

Pastor Luiz Donizetti Florentino

Congregação do João Costa

Distrito XXIII

6 comentários:

  1. Glória a Deus! Creio em um novo tempo para o João Costa e essas mensagens pre-anunciam isso!

    Deus lhe abençoe Saule!

    ResponderExcluir
  2. Graça e Paz Pb. Mário,

    Concordo em todas as letras com você e o desafio que se segue, é que NÓS sejamos os precursores desse novo tempo!

    Grande abraço! É sempre um prazer rceber seus comentários em Rabiscos.

    ResponderExcluir
  3. É hora de despertarmos do sono.Deus mandará um grande avivamento através da sua palavra.Estejamos prontos para isso, ALELUIA!

    ResponderExcluir
  4. A Paz do Senhor Pb. Sandro,

    É um prazer ter você aqui conosco em nosso blog, que tem como principal intuito propagar a Palavra de Deus e instigar este desejo no coração de outras pessoas mais. Que Deus continue lhe abençoando, a você e sua família.

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Não há sombra de dúvidas de que é um novo tempo pro João Costa. todas as terças, têm-se oferecido um verdadeiro banquete pelo nosso respeitável Pastor. Isso é benção do Senhor para as nossas almas. Devemos extrair o máximo posível nestes momentos de edificação.

    ResponderExcluir
  6. Graça e Paz meu amigo Thiago,

    Seja bem-vindo ao blog Rabiscos! Obrigado por nos seguir. Unanimamente concordamos com um reavivamento para a igreja do João Costa. Sem querer aplicar ou usar de apologia para com nossa igreja (patrimônio), estamos nos movendo como igreja (membros do corpo de Cristo) em prol do crescimento do reino de Deus na terra. Dediquemo-nos para fazer nossa vida valer a pena.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Você Poderá Gostar Também de: